Avançar para o conteúdo

a meio de julho levantámos a âncora

Ora em 4 rodas, ora a dois pés, andámos por caminhos do norte e centro.

Regressar à cidade-berço para dizer olá ao Douro e à família.

Porto

Uns dias depois rumámos a norte para a “camping trip”, que só foi mais curta que o esperado por causa da chuva e problemas mecânicos.

Parámos para esticar as pernas entre Esposende e Ponte de Lima

Ponte de Lima (vista do carro, sem paragem esticar pernas)

Chegada ao nosso parque de campismo – Lima Escape (Entre-Ambos-os-Rios) – que não conhecia e, recomendo!

No dia seguinte, a chuva afastou-nos das banhocas nas lagoas e mandou-nos ir visitar o Lindoso, mesmo ali ao lado.
 
Espigueiros no Lindoso

 (o nosso amigo de família “tigerman”)

O castelo do Lindoso

Compramos peixe fresco na carrinha do peixeiro e numa ida a Espanha não programada, preparamos o peixe num parque de merendas à beira da estrada. Uma picada de vespa mandou-nos dar a volta logo a seguir ao almoço.
No dia seguinte partimos à descoberta dos rios ao lado do parque. São várias as apetecíveis “lagoas”. A primeira fica a poucos metros do parque, a segunda a 2km e para quem se queira aventurar, mais outras duas no meio da serra com grandes fragas e cascatas, não as vimos porque nos ficamos pela segunda. Valeu bem a pena!
Seguimos rumo ao Porto, pois um problema mecânico na caravana não prometia grande diversão nos próximos dias.

(continua)
Translate »